CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros ŕ VendaLivros ŕ Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Ferrugem da Alma
Junho 16th, 2012 by aluisio

Assombramento, vulto
Do que não mais se enxerga
De tão curto, imediato, beco emparedado
A tranca no lado de fora
Cobertor, covarde ausente
Corpo que implora e treme
Entregue ao frio, à solidão da mente
Muitos menos a mais
Medo, ferrugem da alma
Olhar turvo, desencanto
De um nada se apodera
O medo de tudo
Aluísio Azevedo Júnior
Enviado por Aluísio Azevedo Júnior em 30/12/2012


Comentários