CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros ŕ VendaLivros ŕ Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Tarde da noite
Na mente, ainda, flashes de tudo 
Tudo que mais se fez
E se não fez
O que menos ficou
O que mais, o que mais?
Do que não cessará
Daquilo que não se completou
Do cansaço aos pedaços
Aos poucos, do revelar
Mesmo que uma luz, tão tímida, nem desponte
Posto que é tarde
Tarde demais para ser noite
Cedo demais para ser dia
Algo que nem findou
E que, sei lá
Se, por fim, começará
Aluísio Azevedo Júnior
Enviado por Aluísio Azevedo Júnior em 11/02/2013


Comentários